7 segundos

7 segundos

 

 

Andava com saudades de uma prova de montanha das boas e o Desafio das Serras em São Francisco Xavier –SP me pareceu uma ótima oportunidade, primeiro porque eu nunca havia corrido o Desafio das Serras, não conhecia a cidade e a logística que a prova exige confirmaram a minha escolha, nesse caso nossa escolha, iria fazer a prova em dupla. Primeiramente uma dupla masculina mas por conta de problemas particulares meu parceiro decidiu não ir e alterei para uma dupla mista com minha namorada.

A prova seria no percurso médio sendo 20km no sábado e 20km no domingo. Logo na chegada na sexta-feira todos os atletas deveriam deixar uma mala para ser levada de caminhão para a chegada do sábado onde ficaríamos acampados para a largada do domingo, ou seja uma prova multi-dia. Kits retirados, mala entregue, itens obrigatórios conferidos, alguns amigos encontrados e já era hora para um belo jantar e partir para a Pousada Canto dos Pássaros onde iríamos acampar até o outro dia ( uma bela opção por sinal ).

Sábado pela manhã a galera montanheira estava toda reunida na pracinha de SFX para a largada, os primeiros quilômetros em estrada de terra e depois entramos numa single-track bem dura, seriam 11k de subida ininterrupta até um mirante e uma pedra com cordas, nesse mirante parei para tirar fotos, comer, bater uma foto para outro corredor, naquele clima de curtição perdi bem uns 2 minutos.

Depois a trilha seria praticamente descida e bem técnica, faltando por volta de 5km para a prova acabar entramos numa estrada de terra bem íngreme e descer começou a judiar mais que subir, nesse dia os 20km marcaram 18km no GPS.

Logo na chegada cada atleta recebeu, água e frutas à vontade afinal a prova tinha sido de auto-suficiência.

Fôlego retomado, era hora de pegar a mala e dar uma ajeitada na barraca, a infra-estrutura do acampamento foi excelente, foi servida uma sopa durante a tarde, os banheiros deram conta quase que com perfeição. Nossa barraca durante a chuva do sábado à tarde não deu conta e começou uma goteirinha, mas nada que um saco de lixo por cima do forro e uma toalha molhada para segurar que não resolvesse, afinal choveu forte por quase 2 horas.

O Almo-janta teve massa, espetinhos, arroz, e estava muito bom, além de um food-truck com salgados, cerveja e vinho !!!

No domingo o combinado era entregar as malas às 7h no caminhão mas isso virou 8h30 uma sacanagem com quem cumpre a regra, acorda cedo e segue os horários, na minha opinião 7h10 o caminhão deveria fechar a porta e quem se atrasou ou abusou que se virasse depois.

Bom mas dada a largada teríamos um dia basicamente de descida com uma subida forte. Para dar uma apimentada a dupla que estava em primeiro lugar estava com uma folga de 10 minutos mas as outras 3 duplas estavam emboladas e minha dupla era a quarta colocada atrás 2m50s da segunda dupla, um bom dia para suar sangue!

O percurso começou por uma estrada de terra em descida por vários quilômetros e a disputa pelo segundo e terceiro lugar acirrada.

No km 11 entramos em uma trilha de pasto íngreme e cheia de valetas, foi um percurso bem duro onde meus amigos Gabriel e Cris da equipe “Se ela corre eu corro” tomaram a dianteira e garantiram a segunda colocação, a dupla da IMR Jaguatirica Rubens e Camila que estava em segundo lugar no primeiro dia agora disputava o terceiro lugar conosco e assim que saímos do pasto começamos a buscá-los e por volta de 3km antes do final da prova passamos por eles e garantimos o terceiro lugar no domingo.

Parecia que tinhamos conseguido tirar a diferença e conquistar um lugar no pódio.

Aproveitamos para tomar um banho, almoçar e depois fomos conferir o resultado final compilando os dois dias… Perdemos o terceiro lugar por sete segundos !! Sete segundos não dá para fazer quase nada, nem para amarrar um cadarço ou tirar uma foto ! Então parceiro fica a dica, não desperdice tempo em provas !!

Mas o mais importante ainda é encontrar os amigos, dar risada e terminar bem, não que eu não esteja com o gosto amargo desses 7 segundos, mas passa rsrsrsr.

No geral o Desafio das Serras 2016 ficou com gosto de quero mais !!! Ano que vem deixaremos a câmera fotográfica bem guardada.

 

خبر

(2) Comments

  1. Silvana Casarin

    on   said 

    É Max quando o objetivo é o pódio cada segundo vale ouro.
    Ano que vem não duvido que o pódio será de vocês.
    Este ano você e Aline perderam o pódio mas ganharam acredito eu ótimas fotos, que vão fazer parte da história deste dia. Parabéns a vocês !! Valeu !!

    Responder
  2. Vocês mandaram bem na subida do primeiro dia, mas aquele mirante realmente convidava a passar um tempo contemplando a paisagem. rs
    E no segundo dia, depois que vocês cruzaram a linha eu tinha certeza que a terceira posição tinha ficado com vocês. Só na hora do pódio mesmo é que descobri que não!
    Mas é isso aí, bora pra próxima! Abraço

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*